Terça-feira, 3 de Maio de 2011
Político x direito de imagem

Essa matéria é o do jornal o dia, e se refere a vereadores de macaé que se sentiram ofendidos por um dos vereadores transmitir online uma votação no plenário, alegando não ter gostado do uso indevido de suas imagens, e alegaram constrangimento.

Porra constrangimento?

por que? pelas cagadas votadas diariamente ?

aaaa então se o povo não souber não tem problema, o vereador só fez uma coisa que a própria câmara teria obrigação de fazer com os eleitores e isso se chama transparência.

 

político não tem direito de imagem, é uma pessoa publica e escolhida pelo povo ! essa privacidade só se da dentro de suas casas e no máximo na sua folga, mas em pleno trabalho o políticuzimmm não quer ser visto? faça-me o favor né, e o político que publicou as imagens ainda corre o risco de perder o cargo, a população deveria é ir para a rua, exigir seu direito de ver cada passo desses bandidos, cada votação, cada posição tomada.

 

Imagina eu, eu pobre blogueiro com algum pouco interesse em política resolvesse publicar as caras desses vereadores em meu blog, como já fiz com vários outros políticos, será que seria processado por direito de imagem? claro que não !!! se assim fosse, a imprensa seria só escrita.

 

 

Leia a matéria:

 

Vereador de Macaé pode perder mandato após exibição de imagens no Twitter

 

POR DANILO MOTTA

Rio - Uma exibição na Twitcam (dispositivo que exibe imagens de uma webcam no Twitter) pode custar o mandato de um vereador do município de Macaé, Região Norte Fluminense. Danilo Funke (PT), transmitiu a votação de uma indicação legislativa de sua autoria, o que causou constrangimento em outros parlamentares que o acusam de uso indevido da imagem.

Foto: Divulgação
Vereador pode perder o mandato após exibição em Twitcam | Foto: Divulgação

Em fevereiro, o vereador petista fez uma indicação sugerindo maior participação dos professores na discussão do plano de cargos e salários da categoria. Entretanto, o documento só foi levado à votação em abril. Funke decidiu transmitir a votação pela Twitcam e, como a Câmara reprovou a indicação, o vereador colocou uma foto dos parlamentares que foram contrários à proposta em seu site pessoal.

"Admito que poderia não ter usado imagens dos vereadores em um site não institucional, mas a reação deles foi desproporcional. Nunca antes um vereador de Macaé sofreu processo de cassação", diz.

Funke justifica sua atitude com o horário das sessões na Câmara - que ocorrem às terças e quartas-feiras pela manhã. Segundo ele, mesmo sendo abertas, a população em geral não pode acompanhar as votações porque muitos estão estudando ou trabalhando no horário.

"Eu mesmo não conseguia acompanhar as sessões quando eu era suplente", comenta Funke.

Autor da denúncia contra Funke na Comissão de Ética da Casa, o vereador Julio Cesar de Barros (PMDB) diz que o petista foi "leviano".

"O vereador Danilo Funke usa meios eletrônicos para jogar a sociedade contra a Câmara. Eu não autorizei colocar minha imagem em site nenhum. Não é uma questão pessoal ou política, apenas acho que as pessoas tem que usar a comunicação de forma responsável, e ele foi leviano", diz.

O vereador Danilo Funke agora agora tem dez dias para elaborar uma defesa e apresentar à Câmara de Vereadores.

 



publicado por garbolemos às 18:22
link do post | comentar | adicionar aos favoritos

.Amigo

. seguir no sapo

.Acompanhe pelo facebook clicando em curtir.
.Maio 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
12
13

15
16
19
21

23
24
25
26
27
28

29
30
31


.Ultimas...

. O blog mudou de endereço

. Desarmamento para quem? b...

. PM RJ toma sufoco para pr...

. O profeta ...

. Policiais condenados.

. Rio Gay

. Agora falar errado é cert...

. Brasil x França - perde...

. SEXO COM CULTURA...UMA LI...

. Só o que falta aqui no RI...

.arquivos por mês
.Atalho
.contador
.Autores
.tags

. todas as tags

.pesquisar neste blog
 
.online.
.enquete
Vocês acreditam na política das unidades de policia pacificadoras (UPP)
RSS